Assembleia recebe mais uma denúncia com pedido de impeachment do governador


Assembleia recebe mais uma denúncia com pedido de impeachment do governador

O professor e contador Raimundo dos Santos Lima protocolou no último dia 8 de dezembro de 2014, no gabinete da presidência da Assembleia Legislativa de Rondônia, denúncia contra o governador Confúcio Moura, por atos de improbidade administrativa, com pedido de impeachment. O pedido foi assim formalizado: “Todavia, compete à Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia, em face de atos ímprobos do governador, senhor Confúcio Aires Moura, enquadrá-lo por crime de responsabilidade, conforme o artigo 29 da Constituição do Estado de Rondônia, conforme os procedimentos legais desta Casa de Leis. Requer o impeachment do governador Confúcio Aires Moura, quanto à matéria em margem, devendo o pedido ser julgado procedente”. 

A nova representação contra o governador foi lida durante sessão plenária desta terça-feira (9 de dezembro de 2014) na Assembleia Legislativa. Raimundo dos Santos ao apresentar sua denúncia assim se manifestou: “Não se entende como o Estado de Rondônia, verdadeira locomotiva da Região Norte, ainda não conseguiu valorizar o próprio funcionalismo estadual, enquanto o festival de CDS's, é usado para o financiamento de campanha do governador Confúcio Aires Moura”. 

Raimundo dos Santos respaldou sua denúncia com base no que ele classificou de grandes escândalos do mega esquema de corrupção no Estado de Rondônia, desbaratada no dia 20 de novembro de 2014, no qual o governador é acusado de ser o mentor do referido esquema investigado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal, através da denominada Operação Plateias, situação que segundo seu convencimento, envergonha e desmoraliza a população ordeira deste Estado.

Ao final destaca: “O requerente declara que provas documentais e depoimentos testemunhais serão encontrados nos autos processuais da Operação Plateias pela Polícia Federal da Capital do Estado”. Cumprido a primeira formalidade, que é a leitura, a representação será em seguida despachada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Hermínio Coelho para a Comissão Especial, visando que seus membros tomem conhecimento. Como se trata da mesma denúncia das duas anteriormente protocoladas, esta será anexada ao processo.


Fonte:DECOM


 


Links Úteis