Plateias:"Aprendi muito", diz Confúcio Moura após depoimento à PF em Porto Velho Governador disse que respondeu a 52 perguntas.


Plateias:"Aprendi muito", diz Confúcio Moura após depoimento à PF em Porto Velho
Governador disse que respondeu a 52 perguntas.
 
Fonte: G1 Notícias
Publicado por: Rolnews.com.br em 20/11/2014 às 22:09:00
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O governador de Rondônia, Confúcio Moura, disse que aprendeu muito com a operação Plateias, deflagrada pela Polícia Federal nesta quinta-feira (20) para investigar uma organização criminosa, formada por lobistas e agentes públicos, responsável por desvio de verbas públicas e direcionamento de licitações.
Confúcio disse durante coletiva de imprensa na tarde desta quinta que será duro e enérgico na exoneração dos nomes investigados na operação, tão logo haja mínimas comprovações de envolvimento no crime. Ele não permitiu à imprensa fazer perguntas e disse que prestou depoimento à PF por aproximadamente 6 horas. O governador afirmou que não houve nenhum constrangimento em prestar depoimento e não foi forçado a nada.
 
Ao todo, quatro mandados de prisão temporária foram cumpridos e 129 pessoas foram conduzidas para prestar depoimento nesta quinta-feira. Segundo a PF, a quadrilha investigada teria desviado mais de R$ 57 milhões, em contratos que chegam a quase R$ 300 milhões.
 
Confúcio disse que respondeu a 52 perguntas. "Sempre me mantive à disposição da Justiça para contribuir com o que fosse necessário. Tanto que no último debate ao governo do Estado, meu adversário, Expedito Júnior, levantou questões sobre delações premiadas, e eu respondi que estaria à disposição da polícia. E aconteceu mais rápido do que eu pensava", disse.
 
Para Confúcio, o Governo está indo no caminho certo devido à transparência que as operações deflagradas ultimamente proporcionam. Confúcio finalizou a coletiva dizendo que não vai compactuar com nenhum tipo de corrupção, e que aquele que cometer qualquer tipo de corrupção em seu governo, vai responder pelo ato de corrupção separadamente. Ele não quis comentar sobre o caso do cunhado envolvido na operação, preso esta tarde (20), pela Polícia Federal.

Links Úteis