Deputados debatem afastamento imediato do governador Confúcio MouraO deputado Hermínio Coelho destacou a gravidade do que ocorre no Governo Estadual.


Deputados debatem afastamento imediato do governador Confúcio Moura
 
O deputado Hermínio Coelho destacou a gravidade do que ocorre no Governo Estadual.
 
Fonte: ALE
Publicado por: Rolnews.com.br em 21/11/2014 às 20:31:58
 
 
 
 
 
 
 
 
 
          Em atendimento a convocação do presidente da Assembleia Legislativa, Hermínio Coelho (PSD), os deputados estaduais estiveram reunidos nesta sexta-feira (21 de novembro), para analisar todos os aspectos legais e políticos, diante da recente operação da Polícia Federal que culminou na prisão de autoridades e da condução coercitiva (levado sob escolta policial para prestar depoimento na Polícia Federal), do próprio governador Confúcio Moura, diante dos escândalos de corrupção, que atinge praticamente todos os órgãos do Governo Estadual.
 
          A reunião dos parlamentares aconteceu no Gabinete da Presidência da ALE e foi reservada. A principal pauta da reunião foi o afastamento do governador Confúcio Moura, diante da gravidade dos fatos apontados pelas investigações da Polícia Federal, Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal e Controladoria Geral da União. Outro aspecto enfocado pelos parlamentares, foi no tocante a questão da governabilidade, pois conforme foi comprovado nas investigações, os casos de corrupção atingem vários órgãos de Governo, sendo que até o próprio secretário estadual de Finanças teve sua prisão decretada pelo Superior Tribunal de Justiça.
 
          Durante contato com a imprensa, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Hermínio Coelho, disse esperar que um cidadão do Estado, faça uma representação formal contra o governador Confúcio Moura, por improbidade administrativa, para que então tecnicamente, ocorra os procedimentos formais, para um eventual afastamento do governador. O deputado Hermínio Coelho destacou a gravidade do que ocorre no Governo Estadual, fatos estes que já vem denunciando há bastante tempo, e salientou que além das oito secretarias estaduais e da Caerd, na verdade, a corrupção atinge todos os órgãos governamentais, onde praticamente a corrupção foi institucionalizada. A reunião dos parlamentares deve prosseguir neste final de semana, diante do fato de que alguns deputados não chegaram a tempo para participar do encontro.

Links Úteis